Continuam os protestos de jovens ambientalistas em escolas de Lisboa

Jovens ativistas continuam a protestar em escolas de Lisboa em defesa do ambiente. Esta segunda-feira, estudantes do Liceu Camões fecharam-se a cadeado no estabelecimento de ensino. Barricados, de "forma calma e ordeira" assegurava a Polícia de Segurança Pública.

Um protesto, por tempo indeterminado, diziam, pelo fim da utilização de combustíveis fósseis até 2030 e pela demissão do ministro da Economia.

No sábado, centenas de jovens saíram às ruas da capital portuguesa. Alguns invadiram um edifício onde o ministro discursava, num evento privado. Acabaram por convidar o referido responsável governamental para se deslocar ao Liceu Camões, esta segunda-feira e assistir à palestra que irão realizar.

Há uma semana que o movimento Greve Climática Estudantil Lisboa iniciou um protesto que incluiu a ocupação de seis escolas e universidades. Protesto que coincide com a Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, COP27, que está a decorrer em Sharm el-Sheikh, no Egito.