Contra associação a Bolsonaro, Covas diz que não é 'biruta de aeroporto'

Silvia Amorim
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - O candidato à reeleição em São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta quarta-feira que não é "biruta de aeroporto" ao ser associado em um vídeo em circulação na internet ao presidente Jair Bolsonaro. Covas disputa o segundo turno com Guilherme Boulos (PSOL).

— Não sou biruta de aeroporto para mudar conforme a orientação de vento. Sou o mesmo Bruno fora da campanha, no primeiro turno, no segundo turno. Anulei meu voto na eleição presidencial de 2018 por não ver no Bolsonaro nenhum discurso que agregasse valores democráticos na campanha dele — disse.

A declaração foi feita durante caminhada do candidato na periferia da zona sul da cidade, onde vive Boulos e onde o tucano teve seu pior desempenho eleitoral no primeiro turno.

Nas redes sociais está circulando um vídeo com imagens de Covas ao lado do governador Joçao Doria (PSDB) e do presidente Jair Bolsonaro. É estratégia da campanha de Boulos associar a imagem do prefeito aos dois políticos, que têm altos índices de rejeição na capital.