Contra coronavírus, Justiça interdita Tamoios e barra turismo em Caraguatatuba

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Tribunal de Justiça de São Paulo deferiu pedido da Prefeitura de Caraguatatuba para bloquear parcialmente a Rodovia dos Tamoios e restringir o acesso à cidade a turistas e visitantes temporários, como medida para tentar impedir a chegada do coronavírus à região.

Na ação encaminhada ao TJ-SP, o município argumenta que já sofre com uma epidemia de dengue e não tem condições de atender a pacientes com a Covid-19 por falta de materiais e estrutura.

De acordo com a prefeitura, 14% da população da cidade é composta por idosos. Além disso, há apenas um hospital de retaguarda para três unidades de pronto atendimento, nas regiões central, sul e norte. A Casa de Saúde Stella Maris possui, ainda, apenas sete leitos de UTI para adultos e dez leitos de UTI neonatal. O município informa que a ocupação, neste momento, é de 100%.

Desta forma, poderão utilizar a Rodovia dos Tamoios apenas veículos de emergência e de locomoção para atendimento médico, pessoas que comprovarem residência fixa nas cidades do litoral norte do estado (Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela e Bertioga), além de prestadores de serviços para as cidades citadas desde que a atividade comercial seja considerada imprescindível.