Contra o coronavírus, Hollywood pode 'contratar' faxineiros robotizados

Extra
·2 minuto de leitura

Hollywood tenta descobrir como retomar a produção de filmes e programas de TV em meio à pandemia da Covid-19. Entretanto, uma solução pode ajudar a preparar a indústria cinematográfica a lidar com os desafios de voltar aos sets de filmagem. O setor começou a se interessar por um robô desinfetante certificado em laboratório, que usa pulsos de luz ultravioleta (UV) para matar o coronavírus.

Com estudos sugerindo que o vírus pode viver em algumas superfícies por dias, as áreas de alto contato no set podem representar uma grave ameaça à segurança do elenco e da equipe, portanto, é essencial ter maneiras eficazes de livrar as superfícies do vírus. Nomeado como "Robô Xenex Germ-Zapping", o aparelho robótico pode ser uma boa opção. De acordo com testes realizados no Instituto de Pesquisas Biomédicas do Texas, que trabalha exclusivamente com doenças infecciosas, o dispositivo conseguiu neutralizar 99,99% do novo coronavírus em dois minutos com sua tecnologia.

"As doenças, como o coronavírus, evoluíram, mas nossas ferramentas que limpam o meio ambiente não", disse Mark Stibich, co-fundador e diretor científico da empresa que fabrica o robô, ao "The Hollywood Reporter": "Ainda estamos basicamente usando baldes, esfregões e panos, e o que precisamos é de uma nova ferramenta para reduzir os riscos de que o ambiente possa causar uma infecção".

Segundo o "The Hollywood Reporter", a série "Blue Bloods", da CBS, teria demonstrado interesse em usar um dos robôs no futuro. A emissora, porém, não comentou, e a empresa disse que não pode divulgar possíveis clientes. Os robôs da Xenex podem ser alugados mensalmente ou comprados por aproximadamente US $ 125.000 (cerca de R$ 696.500, na cotação atual). Os dispositivos já são usados em mais de 500 hospitais em todo o mundo.

O procedimento de limpeza é mais ou menos assim: um indivíduo treinado coloca o robô em uma área designada, liga e sai da sala por ao menos cinco minutos. O dispositivo gera rajadas de luz ultravioleta mais intensa que a luz solar. Segundo o fabricante, o aparelho trabalha rapidamente e é capaz de desinfetar dezenas de salas por dia.