Contra o Inter, Fluminense tenta fazer seu próprio carnaval no Maracanã

·2 min de leitura

Cinco quilômetros separam o Sambódromo da Marques de Sapucaí, palco de um dos maiores espetáculos do mundo, os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, do Maracanã, um dos estádios mais importantes e icônicos do planeta. Hoje, de um lado, estarão Portela, Mocidade, Grande Rio e companhia. Do outro, o Fluminense vai em busca do seu desfile particular sobre o Internacional, a partir das 19h, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Mandante, o Fluminense conhece como poucos o palco desta noite. Dos últimos oito jogos, seis foram no Maracanã. Por isso, o técnico Abel Braga tentará uma reedição do enredo mais recente: o do segundo tempo contra o Vila Nova, na terça-feira passada, pela Copa do Brasil.

Com Fred e Germán Cano na comissão de frente e Paulo Henrique Ganso como maestro, o tricolor fez três gols em 20 minutos e conseguiu conquistar os “dez mil julgadores" (torcedores tricolores) presentes ao Maracanã. Hoje, o público não deve ser muito diferente — cerca de oito mil ingressos foram vendidos antecipadamente —, mas a expectativa é que o desempenho geral seja muito satisfatório.

— Queremos fazer grandes jogos, vencer e convencer, mas não está tão fácil. Pode ser que o Internacional venha propondo o jogo, já que tem esse estilo também. Eles vêm de uma vitória, com treinador novo, precisamos entrar animados. Vamos ter que ter muita atenção para esta partida — avisou o zagueiro David Braz.

Em relação ao time, Yago Felipe, que saiu machucado contra o Cuiabá, na rodada passada, na Arena Pantanal, ainda é dúvida para hoje. Caso não esteja à disposição, Martinelli deverá ser o escolhido.

Do outro lado, o tricolor terá pela frente um adversário mudado. O Inter, que não vem de bons jogos — apesar de ter superado o Fortaleza na última rodada — será comandado pelo estreante Mano Menezes. Por isso, a disputa pode ser importante para os jogadores do Fluminense embalarem uma sequência de vitórias e até, quem sabe, conquistarem outra comissão julgadora, pois os auxiliares de Tite na seleção estarão no Maracanã.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos