Contra o Juventude, Fernando Diniz testará a oitava formação diferente nas laterais do Fluminense

A torcida do Fluminense já nem se surpreende mais. Desde que Fernando Diniz assumiu, as laterais do time passaram a vivenciar uma constante mudança. Para o duelo com o Juventude, neste domingo, às 11h, no Alfredo Jaconi, a equipe terá mais uma formação inédita nestes setores sob o comando do treinador (será a oitava em nove partidas). Desta vez, a grande novidade será a presença de Caio Paulista pela esquerda.

O atacante tem o hábito de atuar pelas beiradas do campo, onde, inclusive, rende melhor do que centralizado. Com Diniz, foi escalado até mesmo como ala pela direita, ocupando o lado sem tanta obrigação na recomposição defensiva. Ainda assim, diante do frágil Oriente Petrolero, que não agrediu tanto os tricolores e foi goleado por 10 a 1.

Já no segundo tempo do Fla-Flu, chegou a ser colocado na lateral esquerda para tentar conter os avanços do rival, que achara seus dois gols por ali. Agora, será testado como titular.

Caio não é o primeiro não lateral a ser testado na posição por Diniz. Yago já atuou tanto pela direita como pela esquerda. Isso sem contar Caio Henrique, volante que acabou fazendo ótima temporada improvisado por ali(a ponto de ser convocado para a seleção olímpica) na primeira passagem do técnico.

Enquanto Samuel Xavier se firma pela direita, a esquerda vive esta indefinição mesmo com três nomes originais da posição: Cris Silva e Marlon, além de Pineida, que atua pelos dois lados. Mas o equatoriano trata uma lesão na coxa esquerda. Já os dois primeiros parecem não ter conquistado a confiança do técnico.

As duplas de laterais titulares do Fluminense com Diniz contra:

*Atuaram como alas

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos