Contra o 'massacre' em Cabul

A ONU e a Rússia condenaram nesta sexta-feira os ataques próximos ao aeroporto de Cabul que deixaram pelo menos 85 mortos, entre eles 13 soldados americanos. A organização anunciou que se prepara para uma explosão de refugiados na região, após a tomada do poder pelo movimento fundamentalista talibã.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos