Contratação de Ganso pelo Flu gera processo de R$1,4 milhão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
GUAYAQUIL, ECUADOR - AUGUST 19: Ganso of Fluminense reacts as he leaves the pitch with medics after suffering an arm injury during a quarter final second leg match between Barcelona SC and Fluminense as part of Copa CONMEBOL Libertadores 2021 at Estadio Monumental Banco Pichincha on August 19, 2021 in Guayaquil, Ecuador. (Photo by Santiago Arcos-Pool/Getty Images)
Fluminense teria pago apenas sete de 59 parcelas das comissões aos agentes que intermediaram a negociação. Foto: (Santiago Arcos-Pool/Getty Images)

A contratação de Paulo Henrique Ganso pelo Fluminense em 2019 causou mais um processo para o tricolor carioca responder na Justiça. A empresa GD Sport, que pertence aos agentes que participaram da intermediação da negociação para a transferência do camisa 10, entrou com ação na 13ª Vara Cível da comarca do Rio de Janeiro fazendo a cobrança do valor de R$1.404.121,92, referente às comissões que não foram pagas pelo clube das Laranjeiras. A informação foi previamente divulgada pelo site especializado NetFlu.

De acordo com a GD Sport, o Flu, ainda sob o comando de Pedro Abad, assinou o contrato de comissão no valor de R$ 1.585.500,51 em 59 parcelas mensais de R$ 26.872,89, mas o clube teria pago apenas as sete primeiras parcelas, equivalentes a R$ 188.110,23. O restante, que é a razão da cobrança da dívida, não foi pago desde outubro de 2019, quando Mário Bittencourt já estava na presidência do tricolor.

Leia também:

A dívida, porém, é de R$ 1.397.390,28, mas a empresa dos intermediários da contratação pede a cobrança de juros e correção monetária, além de multa e honorários de advogados, o que eleva o valor a mais de R$1,4 milhão. Não há previsão para a realização do julgamento.

Paulo Henrique Ganso atuou por mais de cem partidas pelo Fluminense, balançou as redes por nove oportunidades e concedeu cinco assistências para que seus companheiros pudessem balançar as redes. Atualmente, o meia-armador está em fase de recuperação após realizar uma cirurgia no seu braço direito, o que o fez desfalcar o tricolor das Laranjeiras por mais de vinte partidas.

Ganso chegou ao Fluminense em 2019 e teve um bom início de temporada, mas perdeu espaço para Nenê nos anos de 2020 e 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos