Contratada pelo governo federal, produtora presta serviço de graça para empresa de Renan Bolsonaro

·2 minuto de leitura
BRASILIA, BRAZIL - SEPTEMBER 02: Jair Renan Bolsonaro, son of Jair  Bolsonaro, looks after the presentation ceremony of Plano de Contingencia para a Pessoa Idosa (Contingency Plan for the Elderly) amidst the coronavirus (COVID-19) pandemic at the Planalto Palace on September 02, 2020 in Brasilia. Brazil has over 3,950,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 122,596 deaths. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)
Jair Renan Bolsonaro é filho 04 do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

A produtora Astronautas Filmes tem entre seus clientes do governo federal, de quem recebeu R$ 1,4 milhão em 2020. Ao mesmo tempo, a empresa presta serviços gratuitamente para a empresa de Jair Renan Bolsonaro, 22 anos, filho mais novo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A informação foi revelada pela Folha de S. Paulo.

Em outubro, a produtora fez a cobertura com fotos e vídeos da festa de inauguração da empresa de Jair Renan, a Bolsonaro Jr Eventos e Mídia. O evento aconteceu no camarote 311 do estádio Mané Garrincha, em Brasília, sede da empresa do 04.

Entre os trabalhos que a Astronautas Filmes fez para o governo federal estão três peças para o Ministério da Saúde. Segundo a folha, o custo foi de R$ 642 mil. Dois vídeos foram sobre a Covid-19 e outra peça era sobre multivacinação.

A empresa também produziu três vídeos publicitários para o Ministério da Educação, ao custo de R$ 729,9 mil.

Há ainda filmes feitos para o Ministério do Turismo e para o programa Pátria Voluntária, da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, veiculado pela Casa Civil. As duas pastas, no entanto, não informaram quanto investiram nas produções.

Leia também

Sobre as peças produzidas para a empresa de Jair Renan, o dono da Astronautas Filmes, Frederico Borges de Paiva, informou que se tratam de trocas pela exposição da produtora. “Trocamos por permuta pela divulgação das nossas marcas, assim como fazemos em diversos outros projetos”, disse à Folha.

No entanto, Paiva não revelou quanto gastou com o evento do 04, nem quanto recebeu no total do governo federal.

Apesar de a festa ter acontecido em outubro, o registro da empresa de Jair Renan se deu em 16 de novembro. O capital da Bolsonaro Jr Eventos e Mídia foi aberta com capital de R$ 105 mil. A empresa faz a organização, promoção e criação de conteúdo publicitários para congressos, conferências, leilões, feiras e outros eventos.

Questionada pela Folha sobre a relação entre a produtora que prestou serviços gratuitos à empresa de Renan e os trabalhos realizados para o governo, a Secretaria de Comunicação da Presidência não respondeu e afirmou apenas que “não tem contrato com a referida empresa”.

Procurada, a empresa de Jair Renan também não respondeu à reportagem da Folha.