Contrate quem Luta: MTST cria plataforma para vagas de trabalho

·1 minuto de leitura
Pelo menos 190 pessoas estão cadastradas no Contrate Quem Luta, que atende serviços como limpeza, segurança, fretes e reformas na Grande São Paulo. Thiago Bernardes/Pacific Press/LightRocket via Getty Images)
Pelo menos 190 pessoas estão cadastradas no Contrate Quem Luta, que atende serviços como limpeza, segurança, fretes e reformas na Grande São Paulo. Thiago Bernardes/Pacific Press/LightRocket via Getty Images)

Através de um canal do WhatsApp, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) criou uma plataforma para cadastrar militantes em oportunidades de trabalho. Pelo menos 190 pessoas estão cadastradas no Contrate Quem Luta, que atende serviços como limpeza, segurança, fretes e reformas na Grande São Paulo. Diferente de outras plataformas, o Contrate não cobra taxas dos trabalhadores para receberem a lista de vagas. As informações são da Folha de S. Paulo

Ao disponibilizar as vagas, a plataforma coloca em contato os militantes mais próximos do endereço de quem precisa do serviço. O trabalhador pode negociar pagamentos e preços direto com quem o contratou. Quem opera as mensagens do canal é o robô Leon, nome dado em homenagem ao militante Leon Cunha, um dos idealizadores.

Leia também:

Após serem atendidos, os consumidores avaliam o serviço através de formulários. Por enquanto, a plataforma não atende pedidos no horário da madrugada.

Mensalmente, os militantes organizam reuniões para treinamento sobre o funcionamento da plataforma, cuidados em relação a COVID-19, entre outros pontos. Um dos próximos passos, segundo Felipe Bonel, é criar campanha de financiamento para custear os projeto, além de disponibilizar atendentes para auxiliar na plataforma, quando necessário.