COP27 adia encerramento

COP27 adia encerramento

A conferência sobre o clima no Egito não termina esta sexta-feira como previsto. O presidente da COP27 anunciou que os quase 200 participantes ainda não estão perto de um acordo para desbloquear o financiamento pelos países ricos do fundo de reparação dos danos climáticos. Em causa está uma promessa de 100 mil milhões de dólares por ano

"Ainda estou preocupado com o número de questões por resolver, incluindo finanças, mitigação, perdas e danos", disse o presidente egípcio da conferência sobre o clima, Sameh Choukri, aos delegados em plenário.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros egípcio anunciou assim a extensão da COP27. Apelou às partes para que "passassem a uma velocidade superior" e "trabalhassem em conjunto para resolver estas questões pendentes o mais rapidamente possível".

Os trabalhos da conferência, aberta a 6 de novembro em Sharm el-Sheikh, foram interrompidos durante vários por causa das mesmas questões, e, sob anonimato, os delegados criticaram a condução das negociações pela presidência.