Copa América: mais um patrocinador desiste de expor sua marca durante o torneio

·1 minuto de leitura

A Cervejaria Ambev anunciou agora há pouco que não irá expor suas marcas durante a Copa América no Brasil. Segundo o comunicado da empresa, a cervejaria seguirá “com seu compromisso e apoio ao futebol brasileiro”. Apesar de não expor mais a sua marca, a empresa honrará o pagamento da cota negociado com a Conmebol.

A Ambev é a segunda empresa que decidiu não apoiar mais o torneiro no Brasil. Ontem, a operadora de cartões de crédito MasterCard já havia tomado a mesma decisão. Em nota, a companhia afirmou que “após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”. Assim como a Ambev, a Mastercard honrará com o pagamento.

A cota de patrocínio prevê que as marcas das empresas sejam exibidas em placas de publicidade na beira do gramado e durante as entrevistas de jogadores e comissão técnica, além de ações de marketing.

A Copa América seria disputada na Colômbia e na Argentina. No entanto, os países desistiram de sediar a competição por causa de protestos e pelo surto de Covid-19, respectivamente. Como a competição ficaria sem sede, o Brasil aceitou receber o torneio. E desde então, a decisão tem sido contestada. Inclusive, há um julgamento marcado no STF para decidir se o país poderá ser o anfitrião da competição. No entanto, os ministros não deem se manifestar contra a realização do Copa América.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos