Copa do Brasil 'mais Série A de todos os tempos' sorteia oitavas nesta terça; veja potes e regulamento

A Copa do Brasil conhecerá a sua fase de oitavas de final nesta terça-feira, quando será feito o sorteio às 15h (de Brasília), na sede da CBF. Curiosamente, apesar da eliminação precoce do Internacional e das quedas do Cuiabá, Coritiba e Avaí, a atual edição pode ser considerada a "mais Série A de todos os tempos" por ter domínio quase absoluto de clubes da elite. Os jogos serão entre 22 e 23 de junho (ida), além de 13 e 14 de julho (volta).

A verdade é que, desde 2013, quando o regulamento da Copa do Brasil foi alterado para comportar os clubes que jogam a Libertadores, nunca as oitavas de final tiveram tantos clubes "da elite" como em 2022. Dos 16 classificados, 14 estão na primeira divisão — e os outros dois são gigantes do futebol brasileiro, acostumados a estar na categoria principal (Bahia e Cruzeiro). No sorteio desta terça-feira, não haverá separação por grupos. Assim, não há restrição de cruzamentos.

Pote único: América-MG, América-MG, Athletico, Atlético-GO, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Palmeiras, São Paulo, Santos.

A comparação fica ainda mais gritante quando é lembrado da edição anterior. Em 2021, o total era de seis clubes que não disputavam a principal divisão. E com exceção do Vasco, os outros cinco não tinham vaga cativa na Série A — Criciúma, Vitória, Juazeirense, ABC e CRB. É o recorde junto a 2014, quando também houve seis "não elites" nas oitavas de final.

Esses anos são mais a exceção do que a regra. Em 2015, 2017 e 2020, apenas três clubes não estavam na primeira divisão. Em 2016, quatro. Sinal de um torneio que, apesar do slogan de "mais democrático do Brasil", tem acesso cada vez mais restrito às suas fases finais aos clubes de menor investimento.

Clubes fora da Série A nas oitavas:

2022: Bahia, Cruzeiro

2021: Criciúma, Vitória, Juazeirense, ABC, CRB, Vasco

2020: Cuiabá, Juventude, América-MG

2019: Sampaio Corrêa, Juventude, Paysandu

2018: Luverdense, Ponte Preta, Goiás

2017: Paraná, Paysandu, Santa Cruz

2016: Juventude, Botafogo-PB, Fortaleza, Vasco

2015: Ituano, Paysandu, Ceará

2014: América-RN, Bragantino, Santa Rita, Vasco, ABC, Ceará

2013: Salgueiro, Luverdense, Palmeiras, Nacional-AM

Após o encerramento das oitavas de final, a CBF realizará novo sorteio com as oito equipes classificadas para saber determinar os confrontos das quartas do torneio nacional. Nele, também será definido o chaveamento até a decisão.

Além de levar para casa o belíssimo troféu da Copa do Brasil, o campeão da temporada também vai embolsar o total de 60 milhões de reais. O vice-campeão também ganha uma boa quantia, sob o total de R$ 25 milhões.

Se os times avançarem até as quartas de final, vão ganhar R$ 3,9 milhões. Até agora, os principais clubes do torneio já faturaram mais de 7 milhões.

1ª fase (80 clubes) – R$ 1 milhão e 270 mil ao grupo I / R$ 1 milhão e 90 mil ao grupo II / R$ 620mil ao grupo III

2ª fase (40 clubes) – R$ 1,5 milhão ao grupo I / R$ 1 milhão e 190 mil ao grupo II / R$ 750mil ao grupo III

3ª fase (32 clubes) – R$ 1,9 milhão

Oitavas de final (16 clubes) – R$ 3 milhões

Quartas de final (8 clubes) – R$ 3,9 milhões

Semifinal – R$ 8 milhões

Campeão – R$ 60 milhões

Vice-campeão – R$ 25 milhões

Calendário da Copa do Brasil:

5ª Fase (Oitavas de final): 22/06, 23/06, 13/07 e 14/07

6ª Fase (Quartas de final) : 27/07, 28/07 e 17/08 e 18/08

7ª Fase (Semifinal): 24/08 e 14/09

8ª Fase (Final): 12/10 e 19/10

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos