Copa do Catar: Após sofrer racismo em derrota na Euro, Inglaterra vence com cinco gols de negros

A Inglaterra venceu o Irã na primeira partida da fase de grupos da Copa do Mundo do Catar com goleada de 6 a 2. No entanto, os heróis da partida, jogadores negros responsáveis por cinco gols contra os iranianos, viveram dias de ataque há um ano: derrotada em casa para a Itália, na final da Eurocopa, Marcus Rashford e Bukayo Saka perderam pênaltis e sofreram ataques racistas.

À época, quatro pessoa foram presas pelos ataques feitos através das redes sociais. O abuso foi amplamente condenado e o governo prometeu tomar medidas contra as empresas donas das redes sociais se elas não removerem o material ofensivo rapidamente. O Príncipe William e o então primeiro-ministro Boris Johnson também condenaram os ataques.

A partida da Eurocopa aconteceu em Wembley, no Reino Unido, e foi para os pênaltis após um 1 a 1 no tempo regulamentar: a Itália venceu por 3 a 2 nos pênaltis.

Nesta segunda-feira, pelo Grupo B, a Inglaterra venceu com facilidade a seleção do Irã. Com toque de bola e talento de seus jogadores, fez 6 a 2. Os cinco primeiros gols foram marcados por atletas negros: Bellingham, Saka (que fez dois), Sterling e Rashford construíram o placar elástico.