Copa do Catar: Argentina não vence Arábia Saudita há 30 anos; veja histórico de confrontos

A Arábia Saudita se tornou a primeira grande surpresa dessa edição da Copa do Mundo. Após um primeiro tempo sendo dominada pela Argentina, a seleção foi para o intervalo perdendo por 1 a 0 e vendo o adversário ainda ter dois gols anulados por impedimento. No entanto, a equipe voltou para o segundo tempo com outra postura, pressionou, conseguiu dois gols e virou a partida contra o time de Lionel Messi e companhia.

Tabela da Copa: Datas, horários e grupos do Mundial do Catar

Você escala: quais os seus 11 titulares do Brasil na Copa do Mundo

Os sauditas conseguiram segurar a pressão e venceram a Argentina pela primeira vez na história. A seleção completou, também, trinta anos sem perder para o adversário desta terça-feira. Ao todo, os times se enfrentaram cinco vezes. O primeiro confronto ocorreu em 1988, quando houve o primeiro empate, em 2 a 2, em jogo amistoso. Dez dias depois, um novo amistoso entre as seleções, dessa vez com vitória argentina por 2 a 0.

Os times voltariam a se enfrentar em 1992, pela Copa das Confederações. Na ocasião, nova vitória da Argentina, dessa vez por 3 a 1, mas a última dos sul-americanos no duelo. O confronto mais recente ocorreu em 2012, em novo amistoso, que terminou empatado sem gols.

Quebra do tabu

A estreia da Copa do Mundo não foi do jeito que a Argentina imaginava. Uma das favoritas para vencer o Mundial do Catar, a seleção comandada por Lionel Scaloni saiu do Estádio Lusail derrotada por 2 a 1 para a Arábia Saudita, apontada como o time mais fraco do grupo C da competição.

Lionel Messi, de pênati, abriu o placar para os hermanos no primeiro tempo, mas, na segunda etapa, Al Shehri e Al Dawsari viraram para os sauditas.

Esta é a primeira vez que a Argentina perde um jogo de estreia em Copas do Mundo desde 1990. Por outro lado, a Arábia Saudita venceu pela primeira vez na história uma abertura de Mundial.