Copa do Catar: Conheça 'segundo hino' de País de Gales, que embala torcida e seleção

"Nós ainda estamos aqui, apesar de tudo e de todos". Essa é a tradução do refrão de "Yma o Hyd", música cantada em galês que tomou conta do Ahmad Bin Ali nesta segunda-feira, durante a partida entre País de Gales e Estados Unidos.

Trata-se de um segundo hino nacional do país, que esperou 39 anos para conhecer um estádio de Mundial: composta em 1983, ficou entalada na garganta dos galeses, que não disputavam uma Copa do Mundo desde 1958.

Escrita por Dafydd Iwan, a música fortemente patriótica veio como uma tsunami para cima dos galeses na época, que se sentiam oprimidos pela primeira-ministra do Reino Unido na época, Margareth Thatcher.

Desde então, se tornou uma forma de os galeses expressarem orgulho de si próprios. Cantada em galês e não em inglês, tem sido tão importante que estimulou a retomada do estudo do galês na grade educacional do país e posteriormente um decreto do governo, de 1993, que a colocou como língua oficial, ao lado do inglês.

Torcida galesa trouxe uma atmosfera de Premier League ao Catar. Apoiou demais sua seleção ao longo da partida. E cantou a plenos pulmões que ela ainda está lá, apesar de tudo e de todos.