Copa do Mundo 2022 registra 'demanda recorde' e já vendeu mais de 1 milhão de ingressos

O número de ingressos vendidos para a Copa do Mundo de 2022 atingiu a marca de 1,2 milhão após o segundo lote de vendas. Uma "demanda recorde", de acordo com os organizadores, que reconhecem, ao mesmo tempo, a dificuldade paralela de lutar contra o aumento abusivo dos preços dos hotéis no país, uma inflação causada pelo sucesso do evento esportivo.

"As pessoas estão comprando e esperando ansiosamente por vir, não há mais dúvidas sobre isso", disse o secretário-geral do comitê organizador, Hassan Al-Thawadi, ao Fórum Econômico do Catar em Doha. No entanto, algumas associações de torcedores estão preocupadas com a disponibilidade e o preço de quartos de hotel no emirado rico e conservador do Golfo.

"Estamos tentando criar um ambiente onde a economia se beneficie, mas também seja acessível para os torcedores, o que nem sempre é fácil de se equilibrar", admitiu o executivo. Novos hotéis são incluídos regularmente à plataforma de acomodação para o público com ingressos, garantiu ele.

"A acomodação não é uma preocupação. Tudo está sendo feito para garantir que haja o suficiente aqui e nos países vizinhos", com os quais serão estabelecidos voos diários de retorno para os torcedores, acrescentou Gianni Infantino, o presidente da Fifa, a entidade máxima do futebol mundial.

"Isto não será uma preocupação apenas durante o evento", disse ele, acrescentando que o Catar permaneceria "comprometido" nesta área "após a Copa do Mundo". Diante das críticas, "(nosso) cansaço vem da deturpação dos fatos (...) e do que está acontecendo realmente", lamentou.

"Garantias"


Leia mais

Leia também:
Brasil pega Sérvia na estreia, depois enfrenta Suíça e Camarões na Copa do Catar
ONG pede que Fifa pague indenização milionária a trabalhadores migrantes maltratados no Catar
De volta ao topo do ranking mundial, Brasil pode até pegar Alemanha no sorteio dos grupos da Copa de 2022

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos