Copa do Mundo: Bélgica convoca 'reunião de crise' para acalmar vestiário inflamado

Seleção da Bélgica na Copa do Mundo 2022 (Foto: JACK GUEZ / AFP)


O clima na delegação da Bélgica na Copa do Mundo sinaliza não ser dos melhores. De acordo com o portal francês "L'Equipe", a comissão técnica e os executivos da seleção realizaram uma 'reunião de crise', nessa segunda-feira, para tentar solucionar os problemas ocasionados pelas relações ruins no elenco.

Ainda segundo o jornal, "o grupo havia superado na competição sua falta de vontade e suas inimizades". Porém, parece que essas situações afloraram após revés diante do Marrocos. O periódico ainda revela que Kevin De Bruyne e Courtois não se falam há anos devido a motivos particulares.

"Michy Batshuayi e Romelu Lukaku também não são melhores amigos. Eden Hazard e Leandro Trossard não se falam", ainda acrescenta o L'Equipe.

A polêmica na Bélgica ganhou ainda mais relevância com as últimas atuações da equipe na Copa do Mundo. De Bruyne, Hazard e Vertonghen deram declarações públicas criticando os setores de defesa e ataque, respectivamente, com as mesmas justificativas: o envelhecimento do elenco.

+ Kompany pede apoio aos jogadores da seleção para 'final' contra a Croácia na Copa

Recentemente, o técnico Roberto Martínez admitiu, em meio às polêmicas, que o clima no vestiário não é dos melhores. No entanto, o espanhol afirmou que as discussões são naturais pela convivência de anos dos atletas.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- Sim, há tensões no grupo. É natural. Os jogadores jogam juntos há muito tempo. É como em uma família. Se você não tem tensão ou desentendimentos em uma família, é porque você não tem emoções - declarou em entrevista coletiva.

+ Entenda os cenários para a Bélgica conseguir a classificação para as oitavas da Copa

Com a crise instaurada, dentro e fora de campo, a Bélgica joga a sobrevivência no Mundial na próxima quinta-feira, às 12h (de Brasília). Os Diabos Vermelhos enfrentam a Croácia, no estádio Ahmed Bin Ali, em Al-Rayyan, pela última rodada da primeira fase.

Na terceira colocação no Grupo F, com três pontos, os belgas não podem pensar em nada além da vitória sobre os croatas para não dependerem de combinações de resultados para seguirem na competição. Resta saber se a "sangria será estancada" a tempo do duelo decisivo.