Copa do Mundo: organização divulga mais de 67 mil torcedores em jogo de estreia, mas estádio só suporta 60 mil

A organização da partida entre Catar e Equador divulgou que 67.372 torcedores assistiram ao jogo inaugural da Copa do Mundo. No entanto, o site oficial do Mundial afirma que o estádio Al Bayt, que sediou a partida, só tem capacidade para 60 mil pessoas.

Mesmo que a partida tenha tido um animado primeiro tempo, com dois gols marcados e um anulado, o público presente no estádio não compartilhou da mesma euforia. Com a maioria dos torcedores assistindo a partida quietos, os silêncios só eram quebrados quando duas áreas específicas — uma que comportava uma concentração de torcedores cataris, e a outra de equatorianos — se movimentavam.

No fim do jogo, claro, os equatorianos estavam mais felizes. Com o placar adverso, a maioria dos cataris deixou o Al Bayt antes do apito final.

Localizado na cidade de Al Khor, a cerca de 40 quilômetros da capital Doha, o estádio remonta às tendas típicas dos povos nômades que habitam os desertos da região.

Famosa por suas atividades costeiras, como a pesca e o mergulho em busca de pérolas, a região hoje é majoritariamente habitada por trabalhadores da indústria petrolífera, já que fica próxima aos campos de extração.

Segundo os organizadores do Mundial, o nome Al Bayt vem de “Bayt al Sha'ar”, que são as tendas utilizadas pelos beduínos nos desertos do Catar. As estruturas são complexas e possuem, além de vários cômodos, diferentes formas de utilização de acordo com as condições climáticas.

O estádio recebeu certificados de sustentabilidade de design verde, gestão de construção e eficiência energética. O estádio tem o teto retrátil e todos os 60 mil lugares são cobertos. Além disso, o espaço interno é climatizado. Após a Copa, os camarotes (alguns contam até com camas) serão transformados em 96 quartos de hotel. Alguns com vista para o gramado.