Copa do Mundo: torcedores beberam mais no Brasil para celebrar vitória da seleção

Se no Catar a venda de bebidas alcoólicas tem restrições, o mesmo não pode ser dito sobre o Brasil: os torcedores beberam muito antes, durante e após o jogo em que o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0 e estreou na Copa do Mundo com um triunfo.

Até o inicio da noite, um quiosque em Madureira, na Zona Norte, vendeu cerca de duas toneladas de cerveja, sem contar as outras bebidas alcoólicas. E o dono já se prepara para os próximos jogos da Brasil, que devem continuar aumentando o faturamento do estabelecimento.

– A avaliação do dia de hoje é muito boa! O jogo do Brasil influencia muito as vendas. Eu já devo ter vendido cerca de duas toneladas! iPara uma quinta-feira, isso é muito – avalia o proprietário Fábio Sampaio.

O aumento nas vendas das bebidas aconteceu também em outros lugares. A quinta-feira não é considerada um dia de alta expectativas de venda, mas o consumo de cerveja ultrapassou todas as metas. O bar de Patrícia Souza, também no bairro da Zona Norte do Rio, superou em cerca de 40% o faturamento esperado.

– A venda foi muito boa, bem acima da média. Por aqui, já estamos na expectativa dos próximos jogos – conta Patrícia.

Na próxima segunda-feira, 28, o Brasil enfrenta a Suíça, desta vez às 13h, pela segunda rodada da fase de grupos. Por enquanto, a seleção que teve Richarlison como o principal nome dentro de campo, lidera o Grupo G. O próximo rival do Brasil também venceu, mas bateu o Camarões por uma vitória magra de 1 a 0, e pelo critério do saldo de gols, a Canarinho ocupa o primeiro lugar do grupo.