Copinha: Federação promete cobrar autoridades por punição a 'criminosos travestidos de torcedores'

·1 min de leitura

Neste domingo, a Federação Paulista de Futebol emitiu um comunicado exigindo punição aos "criminosos travestidos de torcedores" que invadiram o campo durante o jogo entre São Paulo e Palmeiras, pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste sábado, em Barueri.

"A FPF cobrará das autoridades que os criminosos travestidos de torcedores que praticaram tais atos sejam punidos com o maior rigor da lei e permaneçam afastados dos estádios", publicou.

A federação repudiou o ocorrido, que também contou com arremessos de diversos objetos a campo, dentre eles, uma faca.

Na súmula da partida, o árbitro Matheus Delgado Candançan informou que três invasores foram identificados. São eles: Williams Cristiano da Silva, Gabriel Bazarello Caires de Jesus e Fábio Cristiano da Silva.

Após a confusão ser controlada pelo policiamento, o árbitro, que aguardou a garantia de segurança das autoridades, retomou a partida, da qual o Palmeiras saiu vitorioso. Na final, o Palmeiras, irá enfrentar o Santos, que derrotou o América-MG na outra semifinal. A decisão da Copinha irá ocorrer nesta terça-feira.

Confira na íntegra a nota publicada pela FPF:

A Federação Paulista de Futebol repudia veementemente as lamentáveis cenas de invasão de certos indivíduos, arremesso de objetos e o flagrante de uma faca no campo da semifinal da Copa São Paulo, entre São Paulo e Palmeiras, em Barueri, neste sábado. A FPF cobrará das autoridades que os criminosos travestidos de torcedores que praticaram tais atos sejam punidos com o maior rigor da lei e permaneçam afastados dos estádios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos