Mulher tentou fugir do 3º andar do hospital incendiado com corda de lençóis

Mulher fez corda com lençóis para tentar escapar do incêndio no Hospital Badim, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/TV Globo)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Ferida, mulher mandou áudio desesperada para o marido: “Eu tentei pular do terceiro andar”

  • Na queda, ela fraturou os dois tornozelos e vai passar por cirurgia

Durante o incêndio no Hospital Badim, na zona norte do Rio de Janeiro, uma mulher tentou escapar da janela do 3º andar usando uma corda de lençóis amarrados um no outro. Na tentativa, Gigiane dos Santos caiu e fraturou os dois tornozelos.

Leia também

Ela não estava internada no hospital, mas acompanhava a idosa Maria Alice Teixeira da Costa, que ainda está desaparecida na manhã desta sexta-feira (13).

“O hospital, que eu estava tomando conta de uma senhora, está pegando fogo, eu tentei pular do terceiro andar, estou toda quebrada no chão, no Badim, aqui no Maracanã, pelo amor de Deus, me ajuda”, disse Gigiane em áudio que enviou ao marido após a queda.

Após receber a mensagem, o marido de Gigiane correu até o hospital para tentar achar a esposa. Ao programa Bom Dia Rio, da Rede Globo, ele contou que ela tentou sair pelos corredores e escadas, mas a fumaça já havia tomado o prédio.

Gigiane vai passar por uma cirurgia por conta das fraturas, mas seu estado de saúde já é estável.

O incêndio no Hospital Badim deixou 11 pacientes mortos, e o número de feridos ainda não foi divulgado. Uma análise preliminar do prédio sugere que o fogo pode ter começado após um curto-circuito em um gerador.

A direção do hospital disponibilizou o número de Whatsapp (21) 97101-3961 e o e-mail suportefamiliares@badim.com.br para que as famílias das vítimas recebam informações sobre a sua localização.