Coreano que fez cover de Anitta reage à letra: 'Não imaginava que seria tão sensual'

Louise Queiroga
·4 minuto de leitura

O cantor sul-coreano Choi Ki-su, mais conhecido apenas como Kisu, surpreendeu seus fãs brasileiros no último dia 4 ao lançar um cover da música "Desce pro play (Pa Pa Pa)", de MC Zaac numa parceria com Anitta e o rapper norte-americano Tyga. E assim, questionado sobre como foi a experiência de cantar em português — um idioma que ele não entende — Kisu contou ter se surpreendido com a letra após conferir sua tradução.

O artista de 30 anos, ex-integrante do grupo de K-pop 24K, explicou ter se concentrado tanto na pronúncia para gravar que não chegou a verificar o significado das palavras. Apenas depois que o vídeo foi postado no YouTube é que Kisu resolveu descobrir o que afinal ele praticara dizer. Sobre a língua portuguesa de modo geral, ele admitiu:

— Sim, é realmente muito difícil. Não é fácil pronunciar as letras, mas é muito divertido. Na verdade, não sei o significado e me concentrei mais na pronúncia. Quando eu já tinha postado o vídeo cover fui atrás do real significado da letra da música "Desce pro Play (Pa Pa Pa)" e fiquei surpreso. Não imaginava que seria tão sensual assim. Se soubesse, teria mudado um pouco da letra! — relatou Kisu, em meio a risadas. — Quando eu vejo as coisas em português, a minha palavra preferida é amigo. Porque quando vejo os meus fãs, lembro dessa palavra. Meus fãs são meus amigos.

O cover, gravado no estúdio Aneuru, em Seul, conta com o rapper Lope interpretando os versos de MC Zaac, enquanto a parte de Anitta ficou a cargo de Kisu, que chamou o dançarino de popping Dasom para criar uma coreografia. A mixagem da música ficou por conta de Yang.D e Kisu assina as filmagens e a edição.

— Achei que o vídeo ficaria bom quando feito em colaboração com meus amigos que trabalham com hip-hop e assim começou o trabalho. Eu realmente gostei dessa música.

Procurada na última semana, a assessoria de imprensa da Anitta demonstrou gratidão pelo pedido por um comentário a respeito do cover. Então, na entrevista, o EXTRA contou a Kisu que seu vídeo chegou até representantes da cantora pop — e ele não escondeu sua empolgação com a novidade.

— Oh meu Deus, é sério? Eu realmente trabalhei duro para gravar a música e o vídeo. E sempre pensei que seria muito legal se os cantores da música vissem o meu cover. Se a Anitta realmente pudesse ver, seria muito legal!! — comemorou.

Kisu disse ainda que tem ouvido muitas músicas brasileiras recentemente e tem gostado, principalmente, do trabalho em geral da Anitta.

— Ela realmente é uma cantora admirável — completou.

Sobre a primeira vez que veio ao Brasil, em 2016, Kisu comentou se lembrar bastante dos fãs que conheceu.

— As cartas, bonés, balas que eles me deram... Nunca vou esquecer! E eu lembro de uma comida que eu tinha gostado muito, mas não perguntei o nome! Mas da próxima vez que eu for ao Brasil, vou pedir para comer novamente. Os brasileiros têm muita energia e me repassam essa energia! Quero muito vê-los novamente.

Considerando um futuro sem as atuais medidas rígidas de distanciamento social impostas pela pandemia, Kisu afirmou que "com certeza" visitará o Brasil novamente.

— Me esperem! — exclamou. — Estamos passando por tempos difíceis devido à Covid-19, né? Estou orando todos os dias para que a pandemia acabe o quanto antes. Espero que todos estejam se cuidando! Participarei de um evento de videochamadas nos dias 19 e 20 de fevereiro. É um evento onde posso ver cada um de vocês, então convido vocês para que possamos conversar bastante! Estou com muitas saudades! Amo vocês!

Kisu deixou o 24K no ano passado, enquanto cumpria o serviço militar obrigatório para todo homem sul-coreano. Ele terminou suas obrigações em junho e atualmente trabalha na retomada de suas atividades na música, planejando lançar em breve um novo trabalho em carreira solo.

— No meu novo trabalho eu tentei carregar os meus sentimentos mais recentes. Posso dizer que é uma música que tem toda a minha sinceridade. No videoclipe eu convidei atores mirins para atuar! E acho que vai ser um clipe que dá impressão de um conto de fadas! Fiquem no aguardo — revelou.

A conversa por videochamada será realizada pelo aplicativo Zoom, com quatro tipos de ingressos que custam entre R$ 65 e R$ 200, vendidos pelo site da Sympla. Haverá uma intérprete disponível para traduções entre os idiomas português e coreano. Este encontro marca o terceiro evento série de eventos virtuais “Highway Meet”, da produtora de shows Highway Star, que trouxe para o Brasil grupos de K-pop famosos, como BTS, Monsta X, Pentagon e KARD. Além do Kisu, já participaram dos meet & greets virtuais o grupo UNVS e a cantora Minzy, ex-integrante do 2NE1.