Coreia do Norte comemora o 109º aniversário de seu fundador

·2 minuto de leitura
O avô de Kim Jong Un nasceu há 109 anos e o dia 15 de abril é a data mais importante no calendário da Coreia do Norte

A Coreia do Norte comemora nesta quinta-feira (15) o aniversário do nascimento de seu fundador, Kim Il Sung, com muitos cidadãos que, usando máscaras, colocaram flores ao pé de sua estátua em Pyongyang.

O avô do atual líder norte-coreano Kim Jong Un nasceu há 109 anos, o que tornou 15 de abril a data mais importante do calendário político anual do Estado, onde é chamada de Dia do Sol.

No entanto, o país está mais isolado do que nunca depois de impor um bloqueio rígido em suas fronteiras para se proteger da pandemia de coronavírus que surgiu na vizinha China.

A Coreia do Norte insiste que não registrou nenhum caso de covid-19, afirmação que os analistas duvidam, mas durante todo este tempo pagou um alto preço econômico.

Grupos de moradores de Pyongyang se aproximaram da colina Mansu, onde gigantescas estátuas de bronze do fundador Kim e de seu filho e sucessor Kim Jong Il dominam a capital, para depositar flores aos seus pés.

"Os camaradas Kim Il Sung e Kim Jong Il sempre estarão conosco", dizia um pedestal floral.

"A Coreia do Norte voltou quase à normalidade nas comemorações, comparado com o ano passado, quando a maior parte das atividades foram canceladas por causa da covid", disse à AFP Yang Moo-jin, da Universidade e Estudos da Coreia do Norte em Seul.

No entanto, faltaram vários elementos habituais, especialmente a Maratona de Pyongyang, maior gerador de dinheiro do turismo anual no país, que foi cancelada novamente devido à pandemia.

O líder máximo Kim não compareceu à comemoração no ano passado, o que contribuiu para sua ausência prolongada em público e gerou especulações sobre sua saúde.

No início desta semana, ele posou em fotos junto de delegados em uma coletiva do partido governante.

cdl-slb/leg/age/mb/aa