Coreia do Norte detém norte-americano por "tentar subverter o país", diz KCNA

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte disse nesta quarta-feira que um norte-americano preso pelas forças de segurança do país em abril está sendo mantido detido por cometer o que foi descrito como "atos hostis".

A agência de notícias estatal KCNA disse que o norte-americano, identificado como Kim Sang Dok, foi preso no aeroporto de Pyongyang por cometer "atos hostis e criminais com o objetivo de subverter o país".

As forças da lei estão conduzindo uma investigação sobre o crime, informou a KCNA. Kim parece ser o mesmo homem que a agência de notícias disse que Pyongyang tinha detido no dia 22 de abril.

(Reportagem de Ju-min Park)