Coreia do Norte dispara míssil na direção da Coreia do Sul e até o Kremlin reagiu

Tensão aumenta entre as duas Coreias. União Europeia e Estados Unidos também condenaram comportamento "agressivo, irresponsável e perigoso" de Pyongyang