Coreia do Norte dispara novo míssil anti-aéreo em mais um teste

·1 minuto de leitura

Por Hyonhee Shin

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte disparou um míssil antiaéreo recém-desenvolvido nesta quinta-feira, segundo a agência estatal KCNA, o mais recente de uma série de testes de armas em meio à paralisação das negociações com os Estados Unidos pela desnuclearização.

Foi o segundo teste armamentício norte-coreano nesta semana de que se tem notícia, após o lançamento de um míssil hipersônico nunca antes visto na terça-feira. O governo do país também disparou mísseis balísticos e um míssil de cruzeiro com potencial nuclear nas últimas semanas.

Os disparos testes chamam a atenção para como a Coreia do Norte tem desenvolvido armamentos cada vez mais sofisticados, aumentando os riscos para as iniciativas de pressão para que o país desista de seus programas nucleares e de mísseis em troca de alívio de sanções aplicadas pelos Estados Unidos.

A Academia de Ciências da Defesa, um desenvolvedor de armas militares, disse que o teste teve o objetivo de confirmar a funcionalidade prática do lançador do míssil, de seu radar, do veículo de comando em batalha e de sua performance em combate, de acordo com a KCNA.

A agência oficial do governo acrescentou que o míssil tem novas tecnologias como um controle de lemes e um motor de voo de impulsão dupla.

(Reportagem de Hyonhee Shin)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos