Coreia do Norte disparou dois mísseis de curto alcance no final de semana, dizem autoridades dos EUA

Phil Stewart e Idrees Ali
·1 minuto de leitura
Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un

Por Phil Stewart e Idrees Ali

WASHINGTON (Reuters) - A Coreia do Norte fez disparos de dois mísseis de curto alcance no final de semana, afirmaram autoridades dos Estados Unidos nesta terça-feira, enquanto Pyongyang pressiona por um afrouxamento das sanções impostas sobre seus programas nuclear e de mísseis.

As duas autoridades norte-americanas, que falaram em condição de anonimato, se recusaram a oferecer detalhes sobre os lançamentos, que aconteceram depois que a Coreia do Norte se recusou a participar de uma série de tentativas de início de conversas de bastidores por parte do governo do presidente Joe Biden desde meados de fevereiro.

O Pentágono se recusou a comentar o teste, que foi primeiramente reportado pelo Washington Post. A missão da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas em Nova York não respondeu imediatamente a um pedido por comentários.

Jenny Town, diretora do 38 North, um website baseado nos Estados Unidos que acompanha a Coreia do Norte, disse que se o governo norte-coreano conduziu um teste de mísseis, a medida foi "bem leve".

Um importante general norte-americano alertou na semana passada sobre possibilidade de uma medida muito mais provocativa: uma decisão da Coreia do Norte para começar a fazer testes de voo de um design aprimorado de seus mísseis balísticos intercontinentais. Tal ato aumentaria bruscamente as tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte.

(Reportagem de Phil Stewart, Idrees Ali, Michelle Nichols, David Brunnstrom e Matt Spetalnick)