Coreia do Norte diz que líder Kim participou de teste "bem-sucedido" de míssil hipersônico

·1 min de leitura
Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un

Por Hyonhee Shin e Josh Smith

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte realizou um teste bem-sucedido de um míssil hipersônico, informou a mídia estatal na quarta-feira (horário local), acrescentando que o líder Kim Jong Un participou do lançamento pela primeira vez em mais de um ano.

Na terça-feira, autoridades da Coreia do Sul e do Japão detectaram o suposto lançamento, que foi condenado por autoridades em Washington e Tóquio e que provocou uma expressão de preocupação do secretário-geral da ONU.

Esse foi o segundo teste da Coreia do Norte em menos de uma semana, ressaltando a promessa de Ano Novo de Kim de reforçar os militares com tecnologia de ponta, em um momento em que as negociações com a Coreia do Sul e os Estados Unidos estão paralisadas.

“O teste de fogo teve como objetivo a verificação final das especificações técnicas gerais do sistema desenvolvido de armas hipersônicas”, informou a agência de notícias estatal KCNA.

“A capacidade de manobra superior do veículo de deslizamento hipersônico foi verificada de forma mais impressionante através do teste de fogo final”, disse a KCNA.

Kim instou os cientistas militares a "acelerar ainda mais os esforços para aumentar constantemente a força militar estratégica do país, tanto em qualidade quanto em quantidade, e modernizar ainda mais o Exército", acrescentou a KCNA.

Foi a primeira vez desde o início de 2020 que Kim participou oficialmente de um teste de míssil.

"Sua presença aqui sugere atenção especial a este programa", postou Ankit Panda, membro sênior do Carnegie Endowment for International Peace, com sede nos EUA, no Twitter.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos