Coreia do Norte diz que Trump propõe 'reativar' relações com Kim em carta (agência)

O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos EUA, Donald Trump, em encontro na zona desmilitarizada de Panmunjom, na Coreia do Sul, e, 30 de junho de 2019

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, enviou uma carta ao líder norte-coreano Kim Jong Un, propondo "reativar" as relações entre os dois países e cooperar na luta contra o novo coronavírus, segundo a agência de notícias oficial norte-coreana (KCNA).

"Na carta (Trump), explicou seu plano para fortalecer as relações entre os dois países e expressou seu desejo de cooperar na luta contra as epidemias", referindo-se à pandemia da Covid-19 que afeta o planeta, de acordo com o comunicado da KCNA e que foi atribuído à irmã de Kim, Kim Yo Jong.

A carta menciona as "excelentes" relações entre os dois líderes, mas isso não reflete o estado dos laços entre as duas nações.

As negociações de desarmamento da Coreia do Norte estão estagnadas há muitos meses e Pyongyang continua testando o que parecem ser mísseis balísticos.

Neste sábado, duas mísseis caíram no mar do Japão.

"Esperamos que as relações entre os dois países sejam tão boas um dia quanto entre os dois líderes, mas temos que dar tempo para ver se isso acontece", disse Kim Yo Jong, segundo a KCNA.

Mais de um ano atrás, a última cúpula de negociação ocorreu entre Trump e Kim, em Hanói (Vietnã), sem resultados.

Desde então, a Coreia do Norte retomou seu programa de balística, de acordo com suas próprias declarações, apesar das sanções aplicadas pelas Nações Unidas e Washington.