Coreia do Norte lança projétil balístico horas antes de reunião de Conselho de Segurança da ONU

·2 min de leitura

A Coreia do Norte lançou um "provável projétil balístico" ao Mar do Leste na madrugada desta terça-feira (11), disseram as forças armadas sul-coreanas citadas pela agência de notícias Yonhap, menos de uma semana depois de Pyongyang ter dito que havia testado um míssil hipersônico.

"Nossas forças armadas detectaram um possível míssil balístico disparado pela Coreia do Norte em terra ao Mar do Leste" nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (11), informou o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul em um comunicado.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, confirmou o ocorrido e disse a jornalistas que a Coreia do Norte lançou "um objeto que poderia ser um míssil balístico".

O lançamento ocorreu depois que seis países, incluindo os Estados Unidos e o Japão, pediram à Coreia do Norte que cesse as "ações desestabilizadoras", antes de uma reunião do Conselho de Segurança da ONU para discutir o teste do míssil, que Pyongyang chamou de "hipersônico".

"É extremamente lamentável que a Coreia do Norte continua lançando mísseis", completou Kishida.

França, Reino Unido, Irlanda e Albânia fortaleceram a crítica e pediram para que Pyongyang participe de um diálogo sobre o fim dos armamentos nucleares. Analistas indicaram que Pyongyang pode ter programado o lançamento para coincidir com a reunião da ONU.

"O lançamento tem motivações políticas e militares", declarou à AFP Shin Beom-chul, pesquisador do Instituto de Pesquisa da Coreia para Estratégia Nacional.

"A Coreia do Norte continua realizando testes para diversificar seu arsenal nuclear, mas programou este lançamento no dia da reunião do Conselho de Segurança para maximizar seu impacto político", acrescentou.

Com informações da AFP


Leia mais

Leia também:
Coreia do Norte avança no desenvolvimento de míssil hipersônico
Pandemia e programa nuclear: Kim Jong-un comemora 10 anos no poder na Coreia do Norte
"Sanções sobre a Coreia do Norte falharam", diz especialista após lançamento de míssil

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos