Camboja expulsa 7 estrangeiros por organizar festas com "danças indecentes"

Bangcoc, 12 fev (EFE).- As autoridades do Camboja expulsaram sete estrangeiros do país, enquanto outros três estão sendo processados, por organizar festas com danças consideradas "indecentes", informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

Os estrangeiros que deixaram o Camboja entre a quinta-feira e o sábado passados são cinco cidadãos britânicos e duas cidadãs canadenses.

Um dos seus advogados, o cambojano Ouch Sopheaktra, explicou à imprensa local que as autoridades retiraram as acusações depois de chegar a um acordo com os acusados para que abandonassem o país sem causar desordens públicas.

Os setes fazem parte do grupo de dez pessoas de distintas nacionalidades que a polícia deteve no último dia 25 de janeiro na cidade de Siem Reap por uma festa em uma piscina com danças consideradas indecorosas e na qual participaram cerca de 90 estrangeiros.

Os organizadores anunciavam a festa com o slogan "Let's Get Wet" ("Vamos ficar molhados"). EFE