Corinthians aposenta piadas rivais e atinge novo status

"Sem estádio". "Sem passaporte". "Mundial de Verão". Os torcedores dos rivais terão que inventar novas brincadeiras sempre que quiserem ironizar os corintianos. As velhas piadas, que tanto infernizaram a torcida do Corinthians nas últimas décadas, já não valem mais. Bicampeão mundial, prestes a ganhar um estádio novinho em folha e respeitado internacionalmente. Esse é o novo Corinthians, consagrado neste domingo depois de vencer o poderoso Chelsea, em Yokohama, na final do Mundial de Clubes da Fifa.

Tantas vezes alvo de piadas, agora são os corintianos que cantam de galo entre os grandes do futebol paulista. Se há cinco anos o Corinthians era rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro e vivia o seu maior inferno astral, agora a volta por cima está finalizada com o segundo título mundial de sua história.

A conquista vale quase que por duas. Não há mais por que os rivais contestarem o título conquistado na primeira edição do Mundial de Clubes da Fifa, em 2000. Se o problema era aceitar que o Corinthians também é campeão mundial - como Santos e São Paulo -, fica impossível fugir de admitir esse status do rival do Parque São Jorge.

Mais do que campeão, o Corinthians é o segundo bicampeão do Mundial no modelo organizado pela Fifa - o primeiro é o Barcelona. Se o São Paulo se orgulha de ter três taças, sendo que duas delas foram obtidas quando a disputa envolvia apenas o melhor da América do Sul contra o melhor da Europa, o rival corintiano exalta o feito de ser o único brasileiro a vencer duas vezes sob a chancela da Fifa.

A viagem até o Japão também muda o status do passaporte corintiano. Se antes os rivais esnobavam o fato de terem mais história internacional, agora o Corinthians pode se orgulhar de ter atravessado o mundo para ser campeão - exatamente como cobra um dos bandeirões mais usados pela torcida do São Paulo, agora aposentado.

Até a brincadeira com os "maloqueiros" perdeu a graça. Em uma estratégia de marketing bem sucedida, que vem desde a disputa da Série B em 2008, os corintianos absorveram a caracterização antes pejorativa e a transformaram na sua marca. Mais de 20 mil "maloqueiros" apoiaram o time no Japão e impressionaram o mundo.

A última piada também tem prazo de validade. Graças à Copa do Mundo de 2014, o Corinthians está construindo o seu estádio próprio em Itaquera, na zona leste de São Paulo, e terá uma "casa" em breve. A inauguração está prevista para o segundo semestre de 2013 e pelo menos até lá o clube vai estampar na camisa o logotipo da Fifa, de campeão mundial.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias