Corinthians entra firme na briga por Pedro Raul

Pedro Raul é o vice-artilheiro do Brasileirão, com 14 gols (Heber Gomes/AGIF) (Heber Gomes/AGIF)

"O Corinthians entrou firme na briga pelo Pedro Raul". A frase é de uma pessoa próxima ao jogador e revela movimentos feitos pelo Timão nos últimos dias na tentativa de comprar o centroavante, que pertence ao Kashiwa Reysol e está emprestado ao Goiás até dezembro.

O Blog apurou que o Corinthians já começou a discutir as cifras da compra com o clube japonês. No primeiro contato, o Kashiwa falou em US$ 4 milhões ou R$ 20,8 milhões. A ideia alvinegra é gastar alguns milhões de reais a menos.

O clube paulista ainda revelou que hoje não tem esse dinheiro e dependeria do parcelamento para bater o martelo.

Mas o perfil de Pedro Raul agrada a todos no Parque São Jorge, especialmente ao técnico Vitor Pereira. Isso porque ele é jovem (25 anos), talentoso, possui passaporte italiano...

A busca corintiana por um centroavante se explica: Yuri Alberto pertence ao Zenit e está apenas emprestado ao Timão - a cessão se encerra em junho e sua permanência em definitivo é complexa, levando em consideração que os russos desembolsaram 25 milhões de euros para comprá-lo do Inter.

Já Junior Moraes, o outro centroavante do elenco, se mostrou até aqui um enorme equívoco. Técnico e físico. Seis meses depois de ser contratado, ele so conseguiu se colocar à disposição para jogar em 50% das partidas.

Por outro lado, Pedro Raul soma 23 gols e três assistências em 47 jogos na atual temporada. O atacante é o vice-artilheiro do Brasileirão com 14 gols, só atrás de Cano, com 15. Com o detalhe que seu time, o Goiás, tem somente o 10º melhor ataque do torneio, enquanto o Fluminense, de Cano, fez apenas três gols a menos do que o Palmeiras, o mais efetivo da Série A.