Coronavírus: Abrifar deverá explicar sobre aumento de preço do insumo hidroxicloroquina

Procon-SP notifica empresa para que esclareça aumento de medicamento que seria usado no tratamento da covid-19

RIO - O Procon de São Paulo notificou a Associação Brasileira dos Revendedores e Importadores de Insumos Farmacêuticos (Abrifar), nesta segunda-feira (23), e a obrigou a explicar o significativo aumento nos valores referentes ao insumo hidroxicloroquina.

Depois de reportagens terem sido divulgadas relatando que hidroxicloroquina estava sendo investigada para a elaboração de medicamento capaz de combater o coronavírus, o Procon-SP recebeu denúncia sobre uma relevante alteração no preço.

Compartilhe por WhatsApp

:

clique aqui e acesse um guia completo sobre o coronavírus

Assim, a Abrifar deverá informar os valores praticados na venda do referido insumo, diariamente, nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020. Em caso de majoração de valores, a empresa deverá justificar os preços praticados.

A empresa tem 24 horas para responder.