Coronavírus: Brasil já confirma transmissão local do novo vírus

O Brasil registrou nesta quinta-feira os dois primeiros casos de transmissão local do novo coronavírus dentro do país. Trata-se de duas pessoas que mantiveram contato com o primeiro paciente confirmado, um homem de 61 anos que tinha viajado para a Itália. Ambos os casos são em São Paulo.

Dos dois casos de transmissão local, um é parente do primeiro caso confirmado. O outro não é da família, mas manteve contato.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, transmissão local e transmissão sustentada são coisas diferentes. O que há o Brasil é transmissão local, ou seja, alguém contraiu o vírus de outra pessoa dentro do país. Já a transmissão sustentada ocorre quando não é possível mais rastrear a linha de transmissão do vírus.

— O vírus não está circulando o Brasil. Não está produzindo doentes em que não conseguimos identificar a fonte — disse Wanderson.

Em uma entrevista coletiva na última sexta-feira, Wanderson deu o exemplo do sarampo, em que é preciso uma cadeia de transmissão com cinco pessoas, em que a primeira transmite para a segunda, que transmite para uma terceira, e assim por diante. No caso do coronavírus, ainda não estava definido o tamanho dessa cadeia de transmissão.

Além desses casos em São Paulo, o Ministério da Saúde confirmou mais dois no Brasil, sendo um no Rio de Janeiro e um no Espírito Santo, elevando para oito o número de pessoas com o novo coronavírus, que costuma provocar sintomas como febre e problemas respiratórios.

Há ainda um nono possível caso, no Distrito Federal, que teve o primeiro teste confirmado, mas ainda precisa de contraprova.