Coronavírus: Brasil tem 1.546 casos e 25 mortes, segundo Ministério da Saúde

Marcello Corrêa

O número de casos de coronavírus no Brasil subiu para 1.546 e o de mortes já chega a 25, informou o Ministério da Saúde neste domingo. No último balanço oficial do governo, divulgado no sábado, o total de infectados chegava a 1.128 e havia 18 óbitos contabilizados. Houve um aumento de 37% no número de casos e de 39% no número de mortos.

São Paulo continua a concentrar o número de casos no país. São 631 registros.O número de vítimas fatais no estado já chega a 22, segundo o balanço do ministério. Com isso, o percentual de casos fatais está em 3,5%.

No Estado do Rio, o número de casos está em 186 e há três mortos nas cidades de Niterói, Petrópolis e Miguel Pereira, o que equivale a uma taxa de letalidade de 1,6%. Em menos de 24 horas, a  prefeitura do Rio registrou um aumento de 60,5% no número de casos confirmados do novo coronavírus na capital. Em boletim divulgado às 14h, foram contabilizados 170 notificações. Deste total, 23 pessoas estão internadas, sendo 12 em UTIs. Ainda há 175 casos suspeitos.  Não há óbitos confirmados na capital do estado.

Roraima, que era o único estado sem casos registrados até sábado, contabiliza duas ocorrências. Assim, todas as unidades da federação do Brasil já têm registros de Covid-19.

Mais cedo, em teleconferência com prefeitos de capitais do país, o ministro da Saúde informou que vai antecipar a formatura de estudantes de medicina no país para o enfrentamento da pandemia. A mesma medida já foi tomada na Itália, onde há a maior crise do mundo, com recorde de mortos pelo vírus.

— Nós vamos antecipar os meninos do sexto ano que falta um mês para se formar. Vamos acelerar. Esses meninos são jovens.  Eles não têm experiência, mas eles podem fazer uma parte do atendimento. Eles tem 7.300 horas de capacitação. Faça uma imersão para eles. Não para o CTI, não para pilotar um aparelho multiparamétrico, mas ele pode muito bem ajudar — disse.