Coronavírus chinês ainda não é emergência internacional de saúde, diz OMS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Comitê de Emergência da OMS (Organização Mundial da Saúde), após dois dias de reunião, afirmou que, por enquanto, não declarará emergência internacional de saúde pública quanto ao coronavírus chinês. 

"Ainda é um pouco cedo para considerar uma emergência internacional", diz Didier Houssin, coordenador do comitê de emergência, que, segundo ele, ficou dividido na declaração de emergência. 

"É uma emergência na China, mas ainda não se tornou uma emergência global", afirma Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor da OMS.