Coronavírus: Crivella fecha o BRT no fim de semana para evitar aglomerações

Luiz Ernesto Magalhães

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, proibiu a circulação do BRT neste fim de semana a fim de acabar com a superlotação dos veículos. A medida visa a evitar aglomerações e a propagação do coronavírus. O serviço retorna na segunda-feira, com algumas linhas suspensas.

- Ontem tomamos diversas medidas para que os passageiros não viajassem em pé. Não deu certo. A única alternativa é proibir o BRT no fim de semana. Não podemos correr o risco de ter pessoas aglomeradas - disse o prefeito.

O prefeito, no entanto, não detalhou se haverá a permissão do trânsito de passageiros que trabalhem em serviços essenciais para a cidade.

Nesta sexta-feira, a prefeitura já havia anunciado a suspensão de quatro linhas do BRT e a criação de duas linhas temporárias. O estado do Rio contabiliza duas mortes e mais de 60 casos suspeitos.