Coronavírus: Degase suspende visitas de familiares por 15 dias e isola novos detentos

Stephanie Tondo
A medida faz parte do decreto assinado pelo governador Wilson Witzel na última sexta-feira para prevenção ao coronavírus.

O Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) suspendeu as visitas de familiares pelo período de 15 dias, prorrogáveis pelo mesmo período. A medida faz parte do decreto nº 46.970, assinado pelo governador Wilson Witzel na última sexta-feira para prevenção ao coronavírus.

De acordo com o órgão, será mantido nesse período o recebimento de documentação e demais pertences pessoais autorizados para os socioeducandos.

"Todos os adolescentes que ingressarem no sistema serão recebidos de forma isolada e será realizada uma triagem inicial com equipe técnica de enfermagem, que estará de plantão 24 horas para analisar e acompanhar o estado de saúde dos jovens, com busca ativa para o coronavírus", informou o Degase, acrescentando que se houver casos positivos os adolescentes serão encaminhados para a rede pública de saúde.

"A quarentena dos ingressantes será de aproximadamente 14 dias (período de encubação) antes de serem encaminhados para outras unidades onde a medida socioeducativa será executada", acrescentou o órgão, por meio de nota.

O Degase informou ainda que foram disponibilizados álcool gel para todos os servidores, além de informativos sobre todos os cuidados para evitar o contágio da doença.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)