Coronavírus: evento-teste, pré-olímpico e Copa da Itália são cancelados

O surto de coronavírus continua afetando os eventos esportivos pelo mundo. Alguns deles diretamente relacionados com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, como o evento-teste de rúgbi e o pré-olímpico de basquete 3x3.

Nesta quarta-feira, mais um evento-teste foi cancelado. A Federação Japonesa de Rúgbi informou que a competição programada para abril foi cancelado até segunda ordem.

"Depois que confirmarmos que é seguro, a organização de Tóquio-2020 realizará os testes de alguma forma e consultará o Comitê Olímpico Internacional, o World Rugby e outras organizações relevantes para determinar o conteúdo de tais testes", afirmou a organização dos Jogos Olímpicos.

No início da quarta-feira, o governo japonês e os organizadores dos Jogos reiteraram que os planos para sediar as Olimpíadas de Tóquio continuam nos trilhos. Na Suíça, na terça-feira, o Comitê Olímpico Internacional deu apoio inequívoco aos Jogos, instando os atletas a prepararem "força máxima", apesar da ameaça do coronavírus.

Os casos de coronavírus no Japão atingiram a marca de 1.000, segundo a emissora pública NHK. Desses, 706 são do navio Diamond Princess; e 12 morreram, informou o Ministério da Saúde.

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) anunciou o adiamento do Pré-Olímpico de Basquete 3x3, que aconteceria entre os dias 18 a 23 de março, em Bengaluru, na Índia. O Brasil participa da competição no masculino e suspendeu a apresentação da seleção brasileira para os treinos.

A FIBA não definiu ainda uma nova data para o torneio, apenas informou que mantém conversas próximas com o COI em busca de uma solução. O evento, no entanto, precisa acontecer antes do FIBA 3x3 Universality Olympic Qualifier Tournament, marcado para os dias 24 a 26 de abril deste ano, em Budapeste, na Hungria.

O futebol italiano também continua sendo afetado. O jogo da Copa da Itália entre Napoli e Inter de Milão, que aconteceria na quinta-feira, foi adiado indefinidamente por causa do surto do coronavírus. De acordo com a Série A, que organiza a competição, o segundo jogo da semifinal no Estádio San Paolo, em Nápoles, foi cancelado a mando do governo local.

Também nesta quarta-feira, o governo italiano pode tomar uma medida ainda mais drástica. O ministro do Esporte da Itália, Vincenzo Spadafora, disse que provavelmente será ordenado que todos os jogos da Liga Italiana da primeira divisão sejam disputados com portões fechados. É um tentativa de conter o surto do vírus no país.

A Itália é o país da Europa mais afetado pelo coronavírus até o momento. São mais de 2.500 casos e 79 mortes.