Coronavírus: Governo dá desconto de 25% para pagamento imediato de multas por empresas

Governo gastou R$ 4,8 bi com pensões em dois meses

RIO - A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, está oferecendo 25% de descontos no valor das multas aplicadas, caso as empresas façam o pagamento imediato e desistam dos recursos administrativos.

Segundo Luciano Timm, titular da Senacon, hoje há cerca de R$ 20 milhões em multas aplicadas pelo órgão em discussão em recursos administrativos, que poderiam ser utilizados o combate a pandemia.

- Ao oferecer o desconto, a secretaria espera que as empresas deixem de recorrer e paguem de imediato esses valores que poderiam ser empregados em políticas públicas imediatas como o combate do coronavírus- ressalta.

Empresas de turismos devem entrar no Consumidor.gov

Nesta segunda-feira mais cedo, Senacon e Ministério do Turismo publicaram uma Nota Técnica conjunta em que recomendam as empresas do setor a se cadastrarem no portal de intermediação de conflitos do governo federal, o Consumidor.gov.br, como forma de garantir, de forma remota, a assistência aos consumidores que tiveram problemas com sua viagem por conta da pandemia.

- Estamos procurando entidades de classe ou associativas para incentivá-las a aderir a plataforma. Isso evitajudicialização futura e possibilita que empresas e consumidores entrem em acordo sob a supervisão da secretaria - explica.