Coronavírus: governo estadual avalia colocar bloqueio na Praça XV

Barreira foi colocada na Estação das Barcas Araribóia, em Niterói

Em entrevista ao telejornal RJ1, da TV Globo, o secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, disse que avalia colocar uma barreira na Praça XV, para impedir a superlotação das barcas. O objetivo é que pessoas que não sejam trabalhadores de categorias essenciais não circulem entre a capital e outras cidades, a fim de evitar a disseminação do coronavírus. Dessa forma, policiais militares passariam a conferir contracheques e crachás e evitar a circulação desnecessária de passageiros, como já tem sido feito na Estação das Barcas Araribóia.

A medida foi sugerida porque hoje, primeiro dia em que as novas regras para isolar a cidade do Rio passaram a valer, muitas pessoas foram para Niterói e adjacências, mas não conseguiram retornar através das barcas. Motoristas de aplicativo também estão proibidos de circular entre as cidades. O próprio app vai bloquear os pedidos.

Segundo a secretaria de transportes, a CCR Barcas está emitindo alertas sonoros para orientar a população sobre a mudança no tráfego, divulgando que não haverá retorno para quem não se encaixar nas condições de transeuntes permitidos.

O trabalhador deverá mostrar algum documento que comprove sua atividade, como um contracheque ou crachá.