Coronavírus mata mais que diabetes, câncer de mama e AVC por dia no Brasil

Evelin Azevedo
1 / 2

88207367_RI - RIO DE JANEIRO 21-05-2020 CORONAVIRUS - CEMITÉRIO DO CAJU VISTO DE CIMA BRASIL AT.jpg

Após 65 dias da primeira morte, Brasil chega a 20 mil vítimas fatais da Covid-19. Cemitério do Caju visto de cima.

RIO - Ao chegar à marca de 20.047 mortes em 65 dias, a Covid-19 se tornou a terceira doença mais letal do Brasil, atrás apenas de todos os tipos de câncer juntos e da doença isquêmica do coração. O novo coronavírus fez mais vítimas por dia do que diabetes mellitius, câncer de mama e doenças cerebrovasculares, como AVC, de acordo com dados do DataSUS referentes ao ano de 2018, o mais recente disponível na plataforma do Ministério da Saúde.

A doença causada pelo novo coronavírus provocou, em média, 308,41 mortes por dia, desde a primeira vítima fatal, em 17 de março. As informações do DataSUS mostram que nos 365 dias de 2018, todas as neoplasias juntas foram responsáveis por 624,43 mortes diárias, enquanto que a doença isquêmica do coração vitimou 315,94 pessoas todos os dias.

A Covid-19 já tirou mais vidas por dia do que o câncer de mama (48,14 vítimas diárias em 2018), o diabetes mellitus (178,39) e as doenças cerebrovasculares, dentre as quais estão os acidentes vasculares cerebrais (AVC).

— Por ser uma doença nova, causou muitas mortes em nosso país em um curto espaço de tempo. A falta de diagnóstico e acompanhamento precoce destes pacientes podem ter sido responsáveis, em parte, por essas mortes tão exageradas pela Covid-19 — afirma Edimilson Migowski, infectologista da UFRJ.