Coronavírus:‘Não há evidência que o vírus esteja circulando no Brasil’, diz ministro da Saúde

Gabriel Shinohara
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta terça-feira que não há evidência de que o coronavírus esteja circulando no Brasil. Mandetta disse que a suspeita de um caso em Minas Gerais ainda está sendo analisada.

- Temos hoje o caso suspeito de uma paciente que viajou para a cidade de Wuhan (na China) até 27 de janeiro de 2020. Ela apresentou sintomas compatíveis com a suspeita, o estado geral da paciente é bom. Não há evidência ainda que o vírus esteja circulando, ela está em isolamento e os 14 contatos mais próximos estão sendo acompanhados - afirmou.

Segundo o ministro, o Brasil tem capacidade de identificar o genoma do vírus. Mandetta afirmou que sete mil rumores foram analisadoS e 127 casos foram verificados mais profundamente. Apenas o de Minas Gerais é tratado como suspeito.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro disse que "não seria oportuno" trazer para o Brasil a família de brasileiros que está internada nas Filipinas, com suspeita de terem contraído o coronavírus.