Coronavírus: Odion Ighalo é proibido de treinar no CT do Manchester United por precaução

Recém-contratado pelo Manchester United, o nigeriano Odion Ighalo não recebeu autorização para treinar com os colegas de time desde que chegou à Inglaterra, no fim de janeiro. O jogador foi emprestado pelo Shanghai Shenhua, time da China, país onde teve início a nova epidemia do coronavírus. Mesmo com chances muito pequenas de contaminação, já que o jogador vivia longe de Hubei, epicentro da doença, o clube inglês optou por esperar 14 dias — tempo mínimo de incubação do vírus — até efetivamente integrar Ighalo à equipe.

O United não levou o nigeriano para a Espanha, onde o time realiza treinamentos durante as férias de inverno. Havia o receio de que Ighalo tivesse dificuldades para entrar no Reino Unido, já que há a determinação de que pessoas que retornam de alguns países fiquem em quarentena por duas semanas antes de atravessar a fronteira.

A quarentena do jogador termina nesta sexta-feira. De acordo com o técnico do United, Ole Gunnar Solskjaer, ele viajará com a equipe para Londres no fim de semana, para o jogo contra o Chelsea na segunda-feira.

— Vamos avaliar o condicionamento físico dele nesta semana. Queremos integrá-lo o mais rápido possível, porque, é claro, ele também está desesperado para jogar — disse Solskjaer em um entrevista para o site do clube nesta terça-feira.

Ighalo recebeu um plano de treinamento individual do clube para garantir que ele mantenha sua forma física até começar a jogar. A última partida da qual ele participou foi no dia 6 de dezembro de 2019.