Coronavírus: Profissionais de saúde são homenageados com aplausos nas janelas

Gilberto Porcidonio e Louise Queiroga
(Foto: Getty Images)

Com a orientação de ficar dentro de casa para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, a população participa, na noite desta sexta-feira, da campanha #AplausosNaJanela, como vem sendo divulgada nas redes sociais. A homenagem é voltada aos profissionais de saúde - médicos, enfermeiros, técnicos, entre outros - que atuam no combate à Covid-19, como uma forma de agradecimento pelo trabalho tão necessário. A atitude foi realizada também em outros países afetados pela doença.

"Vamos mostrar nossa gratidão aos profissionais da saúde com uma grande salva de aplausos das nossas janelas!", diz a arte disseminada na internet desde a última quarta-feira.

A homenagem estava marcada para começar às 20h30, mas meia hora antes já era possível escutar aplausos em algumas cidades brasileiras, como São Paulo (SP), Vila Velha (ES), Porto Alegre (RS) e Niterói (RJ).

Leia também

"Vamos mostrar nossa gratidão aos profissionais da saúde com uma grande salva de aplausos das nossas janelas!", diz a arte disseminada internet afora desde a última quarta-feira. Com a ideia de abraçar, mesmo que simbolicamente, médicos, socorristas, enfermeiros, maqueiros e faxineiros que estão trabalhando nos hospitais e casas de saúde do Brasil durante a epidemia de Covid-19, a campanha Aplausos na Janela começou no Brasil inspirada na mesma homenagem que já tinha tomado outros países, com a Argentina.

A campanha nasceu, literalmente, de um gesto fraterno. O publicitário gaúcho Jéferson Guntzel, de 33 anos,  é natural de Porto Alegre, mora em São Paulo e criou a arte que viralizou beneficamente depois que começou a refletir sobre a realidade de quem lhe é muito próximo: a sua irmã, Paula Nunes, que trabalha como enfermeira em sua cidade e que segue no combate, diariamente, nos casos e suspeitas de coronavírus. 

— Nós estávamos conversando e ela me disse que uma colega havia pego coronavírus. Isso me acendeu um alarme porque ela trabalha na UTI e eu fiquei muito preocupado, pois vi que muitos profissionais de saúde correm esse risco que e não estão tendo nenhum treinamento para se evitar isso — disse Jéferson.

De início, a imagem que continha a hashtag #AplausosNaJanela começou a circular no whatsapp alertando para que todo mundo que participasse da ação hoje, às 20h30. Depois de 12 horas, a campanha já tinha migrado para outras redes e ganhando a adesão de políticos de diversas ideologias e famosos como a atriz Taís Araújo e ex-Miss São Paulo Sabrina Paiva, totalizando cerca de 10 mil compartilhamentos até o momento.

— O poder da internet é tamanho que as pessoas começaram a mandar a imagem para mim de volta — reflete o publicitário, que logo passou a receber fotos dos próprios profissionais que passaram a agradecer pela campanha enviando fotos em que estão reunidos com toda a equipe.

Jéferson também esclarece que o horário escolhido para o ato, que também tem sido usado para os panelaços contra o governo do presidente Jair Bolsonaro, foi escolhido sem nenhuma intenção partidária ou ideológica:

— Alguns políticos tentaram usar a campanha para falar que eu estaria querendo abafar as manifestações, o que me deixou até um pouco mal, pois minha intenção é apenas agradecer a esses profissionais, lembrando da minha irmã.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.