Coronavírus: Thalita Rebouças indica livros para adolescentes na quarentena

Gustavo Cunha
Thalita Rebouças no sofá de casa, entre seus cachorros, com um de seus livros na mão

Escritora com vasta obra dedicada ao público juvenil, Thalita Rebouças abre, ao GLOBO, parte das referências literárias que compõem as suas prateleiras. Para que adolescentes aproveitem a quarentena provocada pela pandemia do coronavírus de um modo mais produtivo — e distante dos celulares —, a autora de sucessos como "Fala sério, mãe!" indica os livros que mais a inspiram. Veja a lista abaixo.

Compartilhe por WhatsApp: clique aqui e acesse um guia completo sobre o coronavírus

Coleção Os Karas

"Essa série do Pedro Bandeira aproximou muitos adolescentes dos livros. Tudo do Pedro é maravilhoso, mas tenho um carinho especial pelo Os Karas (formado pelas obras 'A droga da obediência', 'Pântano de sangue', 'Anjo da morte', 'A droga do amor' e 'A droga de americana')".

'O menino maluquinho'

"Esse livro do Ziraldo pode ser lido em qualquer fase da vida, e sempre você vai chorar".

'Feliz ano velho'

"Tenho um carinho muito especial por esse livro do Marcelo Rubens Paiva. Ele que me resgatou para o hábito da leitura quando eu estava começando a achar que ler era chato, lá pelos meus 13 anos. Sou muito fã do Marcelo! É meu primeiro crush".

Obra da autora Paula Pimenta

"Recomendo qualquer livro de Paula Pimenta (como as séries 'Minha vida fora de série' e 'Fazendo meu filme'). Ela prende a atenção e escreve de um jeitinho muito gostoso e sedutor. Não dá para parar de ler. Sou fã dessa mineirinha".

'Vermelho, branco e sangue azul'

"Eu amei esse livro do Casey Mcquiston. É muito atual, bem escrito e faz pensar. Super recomendo".

'Para todos os garotos que já amei'

"E vou também indicar esse livro de Jenny Han, que ainda está na minha lista como uma recomendação feita por todos aqueles que sabem que eu amei o filme (homônimo) derivado dessa obra".