Coronavírus: UFRJ recomenda lockdown em todo o Estado do Rio

Laboratório de Virologia Molecular do CCS-UFRJ, no Fundão

RIO - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) informou que irá encaminhar, ainda nesta sexta-feira, um ofício ao Ministério Público do Rio (MPRJ) recomendando o lockdown, isto é, o isolamento total em todo o estado. No documento, a universidade destaca que, na última semana, as taxas de incidência da doença no estado e na capital superaram a média brasileira.

O ofício é uma resposta ao MPRJ, que, na última quarta-feira, solicitou informações sobre estudos que pudessem basear medidas mais rígidas de distanciamento social. Assinado pela reitoria e produzido a partir de consultas ao Grupo de Trabalho Multidisciplinar sobre a Covid-19 da UFRJ, o documento ressalta que projeções realizadas por cientistas da instituição apontam que o colapso do sistema de saúde do Rio deve acontecer em curto espaço de tempo, e que o mês de maio será o mais grave em relação à pandemia.

Leia também

O documento é uma resposta ao MPRJ, que, na última quarta-feira, solicitou informações sobre estudos que pudessem basear medidas mais rígidas de distanciamento social. Assinado pela reitoria e produzido a partir de consultas ao Grupo de Trabalho Multidisciplinar sobre a Covid-19 da UFRJ, o documento ressalta que projeções realizadas por cientistas da instituição apontam que o colapso do sistema de saúde do Rio deve acontecer em curto espaço de tempo, e que o mês de maio será o mais grave em relação à pandemia.

Apesar das medidas de distanciamento tomadas desde o início da quarentena, análises preliminares feitas por grupos de pesquisadores da universidade apontam baixos índices de redução da circulação urbana no Grande Rio. De acordo com os estudos, a queda da mobilidade nos transportes públicos da região metropolitana não chegou sequer a 50%, patamar considerado insuficiente para garantir o controle do avanço da doença.

Na noite desta quinta-feira, em ofício enviado pelo governo do estado ao Ministério Público do Rio, o governador Wilson Witzel afirma que já está sendo elaborada a proposta de lockdown no Rio a fim de combater o avanço do novo coronavírus ao contrário do seu discurso dos últimos dias em relação ao bloqueio total. Nela, constam o bloqueio de estradas; a criação de uma autorização para as pessoas circularem nas ruas; e a proibição de carros particulares nas vias, com algumas exceções.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.