Coronavírus: veterano de guerra de 99 anos arrecada R$ 130 mi para sistema de saúde dando voltas no jardim com andador

·2 minuto de leitura
Tom Moore
Capitão Tom Moore conseguiu arrecadar 12 mil vezes mais do que pretendia

"Uma inspiração para todos nós." É assim que Matt Hancock, o ministro de Saúde britânico, classificou o veterano de guerra Tom Moore, 99, que conseguiu arrecadar (até as 14h30 desta sexta, 17) cerca de 20 milhões de libras (o equivalente a mais de R$ 130 milhões) em doações ao dar cem voltas em seu jardim de casa com um andador.

A arrecadação de fundos para boas causas em torno de feitos extraordinários é comum no Reino Unido. Moore pretendia levantar 1 mil libras (o equivalente a R$ 6.540) para as instituições de caridade em torno do NHS, o serviço de saúde público britânico.

Mas a iniciativa viralizou e cerca de 1 milhão de pessoas fizeram doações ao longo da semana. Moore queria agradecer à "magnífica" equi5e do NHS que o ajudou no tratamento de um câncer e de uma fratura no quadril.

The British Broadcasting Corporation

Com um andador, ele mirou 100 voltas de 25 metros cada em seu jardim em Marson Moretaine, no condado de Berfordshire, no leste da Inglaterra. Seriam dez voltas de cada vez, a serem completadas antes do seu aniversário de 100 anos, no dia 30 de abril.

"O NHS merece cada centavo que conseguirmos", afirmou, quando o arrecadado passava do equivalente a R$ 33 milhões. Naquela época, a filha Hannah Ingram-Moore afirmou que a campanha estava muito além de todas as expectativas.

A entidade NHS Charities Together, que dá suporte às instituições de caridade de saúde e vai receber os recursos arrecadados, afirmou que a iniciativa foi "extremamente inspiradora e comovente".

Tom Moore
Moore serviu na Índia e na Birmânia (hoje Mianmar) durante a Segunda Guerra Mundial

Responsável pela campanha, o capitão Tom Moore era engenheiro civil antes de se alistar para prestar serviço militar na Índia e na Birmânia (hoje Mianmar) durante a Segunda Guerra Mundial.

"Capitão Tom, você é uma inspiração para todos nós, e nós o agradecemos por isso", afirmou o ministro da Saúde, Matt Hancock, no pronunciamento diário sobre a situação da pandemia de coronavírus no país.

Até agora, o Reino Unido registrou quase 100 mil casos da doença e 13 mil mortes.

Mais sobre o coronavírus
Mais sobre o coronavírus
Banner
Banner
  • Clique para assinar o canal da BBC News Brasil no YouTube

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=WrAKg-NMagk

https://www.youtube.com/watch?v=pMrE8N6tgKw

https://www.youtube.com/watch?v=oQ_0H8fQ0Ck